Floating FB popout byInfofru

For more plugins visitReviewresults

SigeCom

Sistema de Gestão para Assessoria de Imprensa e Comunicação

Quando e como montar press-kits

Uma maneira de estreitar o relacionamento de clientes com a imprensa é montando press-kits para entregar a jornalistas selecionados nas redações. Todo mundo gosta de receber um mimo e aquele presente certamente fará com que o nome do cliente seja lembrado de forma positiva na hora da produção de uma matéria.

No entanto, é importante tomar alguns cuidados para a estratégia não se reverter em um desastre e todo o planejamento ir por água abaixo. 

Quando montar press-kits - O ideal é ter algum motivo que justifique a visita à redação. Assim, o assessor aproveita o contato com o jornalista para reforçar o assunto, que pode ser a apresentação de um novo cliente, um evento que se aproxima ou a divulgação de informações que exijam materiais complementares (como uma revista, um pen-drive ou mesmo um convite).

Muitas assessorias de imprensa também escolhem datas comemorativas, como Natal, Páscoa ou Dia da Imprensa, para trabalhar a imagem dos clientes junto aos jornalistas, apenas com a entrega de brindes festivos. 

O que incluir nos press-kits - Na hora de montar o material que será entregue nas redações é fundamental que os assessores orientem seus clientes sobre questões éticas do jornalismo. O valor do presente que será incluído no press-kit nunca pode ter uma conotação de influência ou “compra” da opinião do jornalista, sob o risco de ter o kit devolvido em cumprimento a regras internas dos veículos. 

Na dúvida, melhor não arriscar demais. A criatividade, claro, é a melhor aliada para que o kit fique atrativo, mas tentar chamar a atenção pelo valor financeiro do brinde pode ser um tiro no pé. Entre as opções mais comuns e que os jornalistas adoram receber estão: agendas, cadernos de anotações, lápis, canetas e canecas personalizadas. Presentes simples e úteis são sempre bem-vindos, o que os diferencia é a forma como serão trabalhados por cada assessoria

Como organizar a entrega - Mesmo escolhendo mimos simbólicos, a produção de press-kits sempre envolve custos com a compra dos materiais, personalização e logística de entrega. Por isso, é fundamental que o assessor de imprensa consiga filtrar de maneira estratégica os jornalistas que receberão o brinde. Essa seleção depende do objetivo da ação, que pode ser focada em colunistas, produtores e repórteres com os quais faz contato no dia-a-dia, ou em um nível mais estratégico, como editores e diretores dos veículos.

Depois de o planejamento organizado, os kits montados e o mailing devidamente atualizado, é hora de partir para a entrega e torcer para que a ação seja um sucesso. Boa sorte!