Floating FB popout byInfofru

For more plugins visitReviewresults

SigeCom

Sistema de Gestão para Assessoria de Imprensa e Comunicação

A importância do briefing

O sonho de todo cliente de uma agência de comunicação é ligar para o assessor para solicitar a produção de um material e, com poucas palavras, dar a noção exata do tipo de divulgação que deseja e orientar sobre o conteúdo da mensagem. Esse nível de interação acontece, geralmente, após um longo período de convivência entre as partes e após muitas experiências em conjunto. 

Até chegar nesse patamar de relacionamento e entendimento com o cliente, o jornalista precisa insistir no briefing – aquela conversa em que se detalha todas as informações relacionadas ao job em questão. Com esse alinhamento bem definido ele estará munido para preparar um material mais assertivo para a estratégia de comunicação que adotar. 

Baixe o E-book Gratuito - Como mensurar o trabalho da assessoria de imprensa

O tempo investido em uma reunião de briefing pode poupar um retrabalho futuro, uma vez que esse encontro ou conversa por telefone, Skype, ou outros canais, serve exatamente para conhecer mais a fundo o assunto em questão, tirar dúvidas com os especialistas e avaliar os interesses do cliente, para então traçar as estratégias de divulgação mais adequadas. 

É nessa conversa também que se absorve outros aspectos, mais subjetivos, sobre a empresa atendida, o que contribui e muito na hora de produzir materiais pensando em que tom de discurso o cliente gostaria de usar para se comunicar. Escolhas sutis podem fazer a diferença e, quando o assessor capta o espírito de um pronunciamento e consegue traduzir aquele sentimento em forma de texto, a satisfação do cliente é garantida. 

Por outro lado, ter um bom briefing é fundamental para repassar o material com segurança para a imprensa. Além do conteúdo escrito no release, por exemplo, o jornalista precisa ter conhecimento para explicar o assunto com propriedade e tirar dúvidas na hora de fazer um follow ou atender uma demanda dos veículos. Claro que explanações aprofundadas devem ser repassadas por fontes especializadas, mas o assessor precisa estar ciente e bem pautado sobre o que irá divulgar. 

A imposição dessa conversa mais detalhada, muitas vezes, precisa partir da agência. Normalmente as pautas são levantadas nas reuniões periódicas e o cliente se sente com a missão cumprida assim que passa a responsabilidade para o assessor. Dependendo do caso, além de discutir com os gestores estratégicos o planejamento da pauta, será necessário acionar outros profissionais da empresa para a reunião de briefing específica. Se o tema for complexo, o ideal é passar o texto para revisão e aprovação técnica do departamento envolvido, assim como confirmar as melhores formas de traduzir a linguagem para a imprensa e o público em geral. Com os detalhes bem alinhados, as chances da divulgação sem bem-sucedida só aumentam!