Floating FB popout byInfofru

For more plugins visitReviewresults

SigeCom

Sistema de Gestão para Assessoria de Imprensa e Comunicação

Revistas Customizadas, fale direto com o cliente!

*Por Talita Scotto

Sob medida e sem nenhuma dispersão! Ter uma revista customizada, ou seja, uma publicação impressa ou online com a marca da sua empresa pode ser a grande “sacada” para conquistar uma comunicação mais objetiva, personalizada e interessante para o seu público/leitor.

Em um mercado concorridíssimo, chamar a atenção do consumidor/cliente, atrair novos negócios, despertar interesse e se tornar referência no assunto são alguns dos resultados que as revistas customizadas oferecem às empresas que optam por investir nesta ferramenta de comunicação e marketing. As revistas customizadas são capazes de criar vínculos com clientes e parceiros, fortalecer a imagem da empresa, facilitar a compreensão das mensagens que a marca deseja passar e otimizar investimentos em comunicação.

De acordo com estudos sobre os efeitos das revistas customizadas nos consumidores, realizado pela APA - Associações das Agências de Publicações da Inglaterra, as revistas customizadas aumentam em 32% a fidelidade da marca, além disso, o editorial publicado nas revistas melhora a imagem da empresa em 9%, mais de 44% tem boas experiências com as revistas customizadas e 61% fez ou faz visitas a marca, empresa ou estabelecimento, sendo que 51% compram algum produto. A pesquisa foi realizada em 2005 e no Brasil, os últimos cinco anos foram expressivos para o setor, que sentiu o “boom” das revistas customizadas surgirem no mercado.

Grandes empresas já fazem uso das revistas customizadas como ferramenta de marketing, é o caso de algumas companhias aéreas brasileiras, que não só utilizam o canal como ferramenta de divulgação, mas também envolvem o público-alvo nas revistas, publicando suas viagens, opiniões, passeios e dicas de roteiros. Este é só um exemplo de como as revistas customizadas podem fidelizar e agradar o público-alvo.

Da ideia a impressão

Antes de definir o projeto editorial, agência e cliente devem traçar pontos importantes para definir o que dará “vida” a esta revista, como: objetivo da publicação, stakeholders (público-alvo, como clientes, parceiros, fornecedores, colaboradores, prospects, fornecedores e interessados na marca/empresa), analisar a necessidade de realizar pesquisas de público para identificar interesses, expectativas, sexo, faixa etária, escolaridade, hábitos de leitura, etc. É válido também estabelecer um conselho editorial e um canal de comunicação direto com o público/leitor para estreitar ainda mais o relacionamento.

Após cumprir a primeira missão, é hora de partir para as características do projeto editorial e definir: formato (impressa, web, tablets e smartphones), tamanho, periodicidade da revista (mensal, bimestral, trimestral ou mesmo semestral), número de páginas, seções, projeto gráfico, distribuição e comercialização (se houver espaço para publicidade).

Muitas empresas imaginam que as revistas customizadas são ferramentas para grandes companhias ou que o investimento é alto, porém, quando bem planejado, há projetos para pequenas e médias empresas que conseguem fidelizar clientes e potencializar o nome entre consumidores e setor de atuação. Com o público-alvo e projeto definido é hora de comunicar com mais eficiência e falar diretamente com o grande triunfo da sua empresa, o cliente!

 

*Talita Scotto é sócia-diretora da Agência Contatto, especializada em assessoria de imprensa, produção de conteúdo online e offline, e gestão de publicações customizadas. www.agenciacontatto.com.br